sexta-feira, 30 de agosto de 2013

SOCIEDADE | Subida ao vulcão dos Capelinhos sem condições de segurança

A instabilidade geológica e a consequente diminuição das condições de segurança determinaram a supressão da subida ao vulcão dos Capelinhos da rota turística pelos principais 10 vulcões da ilha do Faial

A decisão, que visa salvaguardar a segurança dos pedestrianistas, resulta da instabilidade geológica do vulcão dos Capelinhos, que pode pôr em causa, sem que haja acompanhamento adequado, a segurança absoluta na sua visitação, informa o jornal digital Açores 24 horas.

A proibição da subida ao vulcão dos Capelinhos, decidida pelos responsáveis do Parque Natural do Faial, entidade a cargo de quem está a gestão deste circuito, faz diminuir em 4 quilómetros a extensão do Trilho dos 10 Vulcões, que é agora de 22,5 quilómetros.

Recorde-se que, em tempos, o faialense, especialista em vulcanologia, Victor Hugo Forjaz, defendeu a necessidade de vedar o acesso ao vulcão para evitar a aceleração da erosão.